AGOSTO
especial
TRÓPICO AUDIOVISUAL

sábados de AGOSTO às 14h
online e gratuito

APRESENTAção

No mês de agosto a Pupilo Tv faz uma mostra retrospectiva da produtora Trópico de Curitiba, coordenada pelo cineasta Di Florentino. 



A Trópico é uma produtora que cria e realiza narrativas audiovisuais, em diferentes formatos, sobre Direitos Humanos e temas sociais. Há nove anos acreditando no poder do cinema para sensibilizar, engajar e promover a dignidade humana, inspirando mudanças e a transformação social.

Di Florentino

Profissional que atua no audiovisual há 15 anos. Formado em cinema com especialização em direitos humanos, responsabilidade social e cidadania global. Possui experiência como Diretor Criativo e Roteirista para cinema, televisão e novas mídias. Realizou 7 curta-metragens, 1 longa-metragem de ficção, 1 longa-metragem de documentário, 2 telefilmes, 1 websérie, 3 campanhas publicitárias e mais de 50 conteúdos institucionais e documentários para causas e negócios sociais.

PROGRAMAçÃO

Antes dos Trópicos

Nesta sessão de estreia do cineclube do mês de agosto, vamos relembrar as produções do diretor Diego Florentino antes de fundar a produtora Trópico audiovisual, reunimos 3 produções dedicadas ao público infanto juvenil. 

O Muro

Ficção • PR • Brasil • 2009 • 5 min • Livre

De Di Florentino • Com  Zoé da Rosa, Guto Affonso

A bola de uma criança recém chegada em um bairro cai no quintal do seu novo vizinho. Na tentativa de resgatar o brinquedo, duela com o desconhecido.

O Garoto Barba

Ficção • PR • Brasil • 2010 • 14 min • Não recomendado para menores de 14 anos

Fábula sobre uma criança que, devido a uma rara doença, tem barba. Felipe gosta de ser como é, mas se sente deslocado porque as outras pessoas costumam olhar para ele de forma diferente. Quando seus pais resolvem submetê-lo a uma moderna cirurgia de remoção de pêlos, será preciso que o garoto tome uma decisão drástica, que mostrará a seus pais e a cidade inteira que às vezes vale a pena lutar pelo o que se realmente é.

 

Eu não sei andar de bicicleta

Ficção • PR • Brasil • 2009 • 15 min • a partir de 6 anos

De Christopher Faust • Com Maureen Miranda, Vitor Steinhaus, Ricardo Alberti

Um drama familiar que retrata o renascimento de Jorge, um pré-adolescente que ficou paraplégico e encontra na amizade um estímulo para o recomeço.

Diz Aí Juventudes de Fronteiras

Nesta sessão vamos assistir aos filmes produzidos durante as oficinas da série do Canal Futura Diz Aí Fronteiras II realizada com mais de 100 jovens das fronteiras do Brasil, Argentina e Paraguai. 

Diz Aí Fronteiras - Making of

2020 • Cor • Digital • 16 min • documentário • Todas as idades

Ao longo de seis meses, 90 jovens de até 29 anos das cidades da tríplice fronteira – Brasil, Argentina e Paraguai – participarão de atividade de formação em comunicação e cidadania do projeto Diz Aí Fronteiras, uma iniciativa do Canal Futura em parceria com a Corporação Andina de Fomento (CAF). Em sua segunda edição, o projeto visa mobilizar os jovens em torno do debate de questões referentes à juventude e desenvolvimento local, valorizando os saberes e as articulações presentes na região.

 

Acuarela de Sensaciones

2017 • Cor • Digital • 2min • Ficção • Todas as idades

Quais cobranças e responsabilidade a sociedade cobra dos jovens diariamente? Como eles reagem a tantas expectativas dos outros?

Cavalo Marinho

2017 • Cor • Digital • 2min • Experimental • Todas as idades

Cavalo Marinho, o único ser vivo que não precisa do “outro” para se reproduzir.

Educação Libertadora

2017 • Cor • Digital •2min • Ficção • Todas as idades

Se existe liberdade, onde ela está?

Como a podemos encontrar? Alcançar a igualdade e o respeito entre pessoas não é utopia, e a podemos encontrar através da educação.

Um Caminho Escuro

2017 • Cor • Digital •4min • Ficção • Todas as idades

No corredor de uma escola, os olhares opressores atacam a um jovem que tenta encontrar seu espaço.

União Latino Americana

2017 • Cor • Digital •4min • Ficção • Todas as idades

En el primer día de confraternizaron en la unila hubo un trueque de bolsas o cambio de mochilas, luego uno de los personajes descubre que no es su mochila y parte en busca del dueño intentando descubrir por medio de las pertenencias que hay en la mochila y en ella encuentra varios objetos que identifican a la Latinoamérica, luego de una búsqueda minuciosa de cruza o encuentra con la dueña que se acercaba a tomar una ronda de tereré con los amigos.

Diz Aí Fronteiras

A série audiovisual Diz Aí Fronteiras apresenta as visões de mundo de jovens da tríplice fronteira (Foz do Iguaçu-BR, Cidade de Leste-PY e Porto Iguaçu-AR) sobre as identidades culturais e os problemas sociais vividos pela juventude nestas regiões de fronteira. Os temas e personagens abordados foram conhecidos durante oficinas de formação audiovisual e de formação de lideranças, que envolveram cerca de duzentos jovens destas cidades. Dividida em cinco episódios, a série traz a voz e o gesto, o canto e a dança, os sonhos e desafios na vida de jovens da fronteira Brasil, Paraguai e Argentina, cujos mapas e suas linhas imaginárias não são capazes de separar.

Fronteiras

2017 • Cor • Digital • 9min • Documentário • Todas as idades

Pikasu Gamarra, jovem paraguaia explica o simbólico e o cotidiano da ponte da amizade, que liga o Brasil com o Paraguai. Camila Pereira vai atravessar pela primeira vez o Paraguai para a Argentina por meio de uma balsa. Matias Moreira é um atleta argentino e está prestes a correr uma grande competição de atletismo no Brasil, na Usina de Itaipú. Junto de outros participantes do projeto Diz Aí – Fronteiras II, o episódio percorre questões linguísticas e ancestrais da região.

Identidade e Gênero

2017 • Cor • Digital • 9min • Documentário • Todas as idades

Yuri gosta de liberdade. Tatuado por seu corpo várias menções a ela. É DJ amador e está realizando seu primeiro documentário, dentro do projeto Diz Aí – Fronteiras II para falar sobre si mesmo e procurar respostas sobre porque a sociedade tem que impor algo se é você que sente. Yuri é um jovem trans brasileiro.Independente das fronteiras, as questões da juventude e gênero são universais.

Juventude e Participação Social

2017 • Cor • Digital • 9min • Documentário • Todas as idades

Por que é importante militar? Por que a juventude precisa estar ativa? E como engajar mais os jovens? Jovens do Brasil, Argentina e Paraguai contam, como atuam cotidianamente em seus países para transformar suas realidades.Daiana Acosta e Vidal Canteros são paraguaios, ele está prestes a terminar o ensino médio e faz parte de uma organização que atua por um Paraguai mais transparente na política.

Cultura e Religião

2017 • Cor • Digital • 9min • Documentário • Todas as idades

Na tríplice fronteira, Brasil, Argentina e Paraguai dividem uma diversidade cultural e religiosa, devido principalmente a imigrações árabes e chinesas. Há também a histórica e forte presença indígena, que coloca o guarani como importante língua dos paraguaios. Filha de pai sírio e mãe chilena, Ahlam Amira reside em Foz do Iguaçu.

Sobre a Trópico Audiovisual

São as histórias que movem o mundo e contar histórias é o negócio da Trópico. Temos a certeza e a experiência de que as transformações podem ser desencadeadas quando mais gente puder abrir o seu olhar para o novo, para aquilo que estava escondido ou para algo que precisa ser comunicado.

A Trópico, desde 2012, é uma produtora audiovisual de impacto focada em conteúdos para causas e negócios sociais, apostando prioritariamente em planejamento estratégico digital com foco em resultados e produção personalizada de vídeos nos mais diferentes formatos, alinhados às necessidades e demandas de cada causa. Em qualquer lugar do planeta!

 

Inscrição

o que é?

POR UMA EDUCAÇÃO AUDIOVISUAL NA ESCOLA

Online e gratuito, o cineclube pupilo promove sessões de curtas-metragens brasileiros dedicadas a educadores interessados em utilizar filmes durante as aulas remotas e presenciais.

Todo o mês convidamos um grupo de professores para selecionar filmes e debatê-los online a partir da ótica de sala de aula.

Quais discussões e atividades os filmes brasileiros podem iniciar com os estudantes de diferentes faixa etárias?

FAÇA PARTE!

SEJA UMA CURADORA

Indique filmes e faça parte dos grupos de programação das próximas sessões.

Compartilhe