fbpx

Programa de Qualificação Audiovisual da Cinemateca Catarinense oferecerá oficinas gratuitas na região oeste.

Complementar a educação do setor audiovisual já ofertada pelas instituições de ensino, de forma gratuita, e possibilitar que experts da área possam compartilhar seus conhecimentos, sendo remunerados por este trabalho. Este é o objetivo do Programa Qualifica SC Cine, uma iniciativa da Cinemateca Catarinense que irá movimentar o setor audiovisual em todas as regiões do estado nos próximos meses. 

A partir de pesquisas que estão sendo feitas com a população de Santa Catarina, o programa está realizando um levantamento de quem gostaria de participar como aluno e professor, e sobre quais assuntos gostaria de estudar. A partir deste diagnóstico será feita a oferta de cursos em diferentes níveis para a população, desde iniciante que não precisará ter um conhecimento prévio para assistir às aulas, até avançado com cursos de especialização para quem já trabalha na área. 

Este é o maior programa de qualificação profissional em audiovisual de que se tem registro em Santa Catarina. A iniciativa prevê a realização de mais de 20 oficinas remotas e híbridas (tanto presencial quanto remoto) com 20 horas cada, com uma oferta de 499 vagas gratuitas para participantes em todas as regiões do estado. De acordo com Marilha Naccari, presidente da Cinemateca Catarinense, o Qualifica SC Cine representa uma grande conquista para o audiovisual no estado. “Conseguimos viabilizar ações efetivas para cumprir os objetivos que sempre nortearam a Cinemateca”, observa.  

As mais diversas áreas do setor poderão ser abordadas nos cursos de curta duração, entre elas: fotografia, edição, captação e montagem. “Para oferecer os cursos, estamos convidando que os interessados  nos digam o que mais querem apreender para, assim, termos cursos que realmente interessem para a profissionalização do setor”, explica Marilha. 

As oficinas serão transmitidas ao vivo com interação entre quem está ensinando e quem está aprendendo. As aulas não ficarão gravadas para ver mais tarde, então será preciso seguir o cronograma dos encontros. 

Para participar, é necessário se cadastrar no formulário que está no site https://cinematecacatarinense.org.br/#inscricao. Quem tiver interesse em ensinar, precisa enviar o plano de ensino de sua oficina de 20 horas, e participar do processo de seleção para ser um dos contratados para ministrar os workshops desta ou de futuras edições do Qualifica SC Cine. 

Sobre o Qualifica SC Cine

O Qualifica SC Cine é uma realização da Fundação Catarinense de Cultura e do Estado de Santa Catarina em colaboração com a Associação Cultural Cinemateca Catarinense/ABD-SC. 

Sobre a Cinemateca Catarinense

Fundada em 1986, a Associação Cultural Cinemateca Catarinense – ABD/SC se dedica ao fortalecimento da produção, difusão e preservação do cinema e do audiovisual em Santa Catarina.

Você também pode gostar

Casa da Cultura e Cineclube Pupilo apresentam: O Xangô de Baker Street nesta sexta-feira

O Teatro Alfredo Sigwalt recebe a primeira sessão presencial do Cineclube Pupilo pós-pandemia, no dia 23 de setembro, sexta-feira, às 19h30, a exibição de O Xangô de Baker Street. O filme, com direção de Miguel Faria Jr. é uma adaptação do best seller homônimo de Jô Soares, cujo cenário é o Brasil de 1886. A sessão é gratuita, aberta ao público e tem classificação indicativa de 14 anos.

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Continue lendo

Reconstruindo Mundos: uma reflexão sobre identidades e escola.
https://youtu.be/Os-EZ6d7GxM No dia 29 de julho,
Casa da Cultura Rogério Sganzerla e Pupilo TV apresentam Sessão de Filmes de Terror Brasileiro com entrada gratuita
Cineclube Halloween - Noite de Terrores
Casa da Cultura e Cineclube Pupilo apresentam: O Xangô de Baker Street nesta sexta-feira
O Teatro Alfredo Sigwalt recebe a

Casa da Cultura e Cineclube Pupilo apresentam: O Xangô de Baker Street nesta sexta-feira

O Teatro Alfredo Sigwalt recebe a primeira sessão presencial do Cineclube Pupilo pós-pandemia, no dia 23 de setembro, sexta-feira, às 19h30, a exibição de O Xangô de Baker Street. O filme, com direção de Miguel Faria Jr. é uma adaptação do best seller homônimo de Jô Soares, cujo cenário é o Brasil de 1886. A sessão é gratuita, aberta ao público e tem classificação indicativa de 14 anos.

Leia mais
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es