fbpx
Identidade e Gênero

Não exlcuir esse widget. POR FAVOR!!!! Isso não vai aparecer no site

Identidade e Gênero

2017 • 9′ • cor • PR • direção de Di Florentino

Sinopse:

Yuri gosta de liberdade. Tatuado por seu corpo várias menções a ela. É DJ amador e está realizando seu primeiro documentário, dentro do projeto Diz Aí – Fronteiras II para falar sobre si mesmo e procurar respostas sobre porque a sociedade tem que impor algo se é você que sente. Yuri é um jovem trans brasileiro.Independente das fronteiras, as questões da juventude e gênero são universais.

Sinopse

Yuri gosta de liberdade. Tatuado por seu corpo várias menções a ela. É DJ amador e está realizando seu primeiro documentário, dentro do projeto Diz Aí – Fronteiras II para falar sobre si mesmo e procurar respostas sobre porque a sociedade tem que impor algo se é você que sente. Yuri é um jovem trans brasileiro.Independente das fronteiras, as questões da juventude e gênero são universais.

Direção

Di Florentino

Profissional que atua no audiovisual há 15 anos. Formado em cinema com especialização em direitos humanos, responsabilidade social e cidadania global. Possui experiência como Diretor Criativo e Roteirista para cinema, televisão e novas mídias. Realizou 7 curta-metragens, 1 longa-metragem de ficção, 1 longa-metragem de documentário, 2 telefilmes, 1 websérie, 3 campanhas publicitárias e mais de 50 conteúdos institucionais e documentários para causas e negócios sociais.

Fotos

LOGO_LIVRE

Indique o filme

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Direção

Di Florentino

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Filmes Relacionados

cultura_e_religiao_pupilo_3

Cultura e Religião

2017 • 9′ • cor • PR • direção de Di Florentino Sinopse: Na tríplice fronteira, Brasil, Argentina e Paraguai dividem uma diversidade cultural e religiosa, devido principalmente a imigrações árabes e chinesas. Há também a histórica e forte presença indígena, que coloca o guarani como importante língua dos paraguaios. Filha de pai sírio e mãe chilena, Ahlam Amira reside em Foz do Iguaçu.

Leia mais »
juventude_e_participação_social_pupilo

Juventude e Participação Social

2017 • 9′ • cor • PR • direção de Di Florentino Sinopse: Por que é importante militar? Por que a juventude precisa estar ativa? E como engajar mais os jovens? Jovens do Brasil, Argentina e Paraguai contam, como atuam cotidianamente em seus países para transformar suas realidades.Daiana Acosta e Vidal Canteros são paraguaios, ele está prestes a terminar o ensino médio e faz parte de uma organização que atua por um Paraguai mais transparente na política.

Leia mais »
fronteiras_pupilo_2

Fronteiras

2017 • 9′ • cor • PR • direção de Di Florentino Sinopse: Pikasu Gamarra, jovem paraguaia explica o simbólico e o cotidiano da ponte da amizade, que liga o Brasil com o Paraguai. Camila Pereira vai atravessar pela primeira vez o Paraguai para a Argentina por meio de uma balsa. Matias Moreira é um atleta argentino e está prestes a correr uma grande competição de atletismo no Brasil, na Usina de Itaipú. Junto de outros participantes do projeto Diz Aí – Fronteiras II, o episódio percorre questões linguísticas e ancestrais da região.

Leia mais »

Não exlcuir esse widget. POR FAVOR!!!! Isso não vai aparecer no site

Notícias

Casa da Cultura e Cineclube Pupilo apresentam: O Xangô de Baker Street nesta sexta-feira

O Teatro Alfredo Sigwalt recebe a primeira sessão presencial do Cineclube Pupilo pós-pandemia, no dia 23 de setembro, sexta-feira, às 19h30, a exibição de O Xangô de Baker Street. O filme, com direção de Miguel Faria Jr. é uma adaptação do best seller homônimo de Jô Soares, cujo cenário é o Brasil de 1886. A sessão é gratuita, aberta ao público e tem classificação indicativa de 14 anos.

Leia mais
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es